Criticado por ausência no velório de Pelé, Kaká se manifesta: 'Sinto demais'; veja

Após ser criticado por não ter ido ao velório de Pelé, Kaká, campeão do mundo em 2002, com a Seleção Brasileira, usou as redes sociais para se pronunciar. No texto, o ex-atleta falou sobre a relação com o Rei do Futebol e recordou uma frase controversa sobre Ronaldo Fenômeno, durante a Copa de 2022, no Catar.

"Durante a Copa do Mundo, uma declaração minha foi feita dentro de um contexto, mas infelizmente se espalhou como uma crítica a todo o povo. Nunca foi essa a minha intenção. Nem poderia ser, principalmente pelo fato do povo brasileiro ter sempre me tratado com muito amor".  

"Eu me referia apenas às pessoas que, naquele momento, torciam contra um ídolo da Seleção. Errei na forma deselegante que citei um amigo, mas já me desculpei, seguimos juntos em frente", escreveu.

E acrescentou: "Essa declaração novamente foi lembrada agora por ocasião do falecimento e velório do nosso querido Rei Pelé, pessoa por quem tenho uma admiração enorme, e que recebi de suas mãos o maior prêmio individual da minha carreira". 

"Naquela noite, disse que só mesmo ele poderia tornar aquele momento ainda melhor. Como brasileiro e amante do futebol, meu respeito e admiração permanecerão e sinto demais não ter ido para Santos", completou o vencedor da Bola de Ouro em 2007.

Comentário do usuário