O Melhor Oleo Essencial Antiinflamatorio Para Dores e Inflamacoes

Neste artigo você vai aprender sobre um oleo essencial antiinflamatorio muito especial, capaz de te ajudar a lidar com várias dores, tais como artrite reumatóide, dores musculares, dores articulares diversas, hérnia de disco (bico de papagaio), dentre outras.

Porém, antes de tudo, é importante que você entenda muito bem o que é um óleo essencial!

Tópicos Do Artigo:

O Que É Óleo Essencial?

Como Os Óleos Essenciais São Produzidos?

Qual A Diferença Entre Óleo Essencial, Óleo Vegetal e Essência?

O Melhor Oleo Essencial Antiinflamatorio Para Dores!

Como Usar Este Óleo Essencial E Como Potencializá-lo?

O Que É Óleo Essencial?

Óleo Essencial é uma substância oleosa concentrada e extremamente aromática, que é extraída das plantas. Esta substância aromática pode ser encontrada nas folhas, raízes, frutos, caules, sementes e flores de diversas espécies de plantas, e possuem diversas funções como:

- Proteger as plantas contra pragas e insetos que possam ameaçar sua sobrevivência;

- Produzir o aroma característico das plantas, como o alecrim, camomila, lavanda, orégano, tomilho, etc.

- Atrair animais polinizadores, como abelhas, que ajudarão a espalhar pólen e sementes;

- Comunicar-se com outras plantas para sinalizar ameaças ambientais em comum, entre outros.

Nos seres humanos e nos animais, os Óleos Essenciais conseguem exercer diversos benefícios, como:

- Auxiliar em estados de ansiedade e depressão, através do uso pela inalação, usando difusores de ambiente;

- Tratar doenças de pele como psoríase, acne, dermatite, seborréia e caspa, através da aplicação sobre a pele, diluindo os óleos essenciais em óleos vegetais ou em gel;

- Tratar problemas respiratórios como asma, bronquite, sinusite e rinite, através da inalação ou da massagem;

- Tratamento de dores agudas e crônicas através da massagem, como hérnia de disco, artrite, dores musculares, nervo ciático, etc.

Como Os Óleos Essenciais São Produzidos?

A extração dos óleos essenciais é feita, na maioria das vezes, através de um processo chamado de Destilação, onde as plantas são colhidas, cortadas em partes menores e colocadas dentro de equipamentos destiladores, onde ficarão em contato constante com vapores de água responsáveis por fazer o arraste das substâncias aromáticas presentes na planta. 

Os óleos essenciais são produzidos em pouca quantidade dentro das plantas. Para se ter uma idéia, para produzir 1 Litro de Óleo Essencial de Alecrim, é necessário 1 Tonelada (1.000 kg) de planta. Portanto, trata-se de uma substância extremamente concentrada, e que não deve ser usada em uma grande quantidade na hora de preparar receitas cosméticas, aromatizadores de ambiente, etc.

Qual A Diferença Entre Óleo Essencial, Óleo Vegetal e Essência?

Os Óleos Essencias, como dito acima, são substâncias aromáticas e extremamente concentradas, obtidas da extração a vapor de plantas, portanto trata-se de uma substância 100% Natural. Estas substâncias são voláteis, ou seja, tem o poder de evaporar, e são produzidas em pouca quantidade.

A maioria dos óleos essenciais não devem ser usados puros sobre a pele, devido ao fato de serem altamente concentrados, podendo causar alergia e sensibilização em peles mais sensíveis. Os Óleos Essencias geralmente também não possuem em sua composição moléculas pesadas como vitaminas.

Os Óleos Vegetais são produzidos através da prensagem ou do Cozimento de sementes e frutos oleosos, como Azeitona, Linhaça, Semente de Uva, Coco, Semente de Girassol, e etc.

Geralmente são extraídos em maior abundância, não evaporam, podem ser espalhados puros sobre a pele para fazer massagens e, quando são 100% puros (sem a adição de parafinas, petrolatos e óleos minerais) possuem em sua composição ácidos e vitaminas benéficos para a saúde da pele, e podem ser ingeridos e usados na alimentação e em cozimento de alimentos.

Os óleos vegetais são os melhores veículos para adicionarmos gotas de óleos essenciais para usarmos com segurança sobre a pele!

As Essências são substância sintéticas, produzidas em laboratório. São usadas para dar cheiro a produtos de limpeza, produtos para higiene pessoal, sabonetes, perfumes e cosméticos. Possuem o único objetivo de dar um cheiro agradável aos produtos.

Possuem uma grande versatilidade para se obter os mais diversos tipos de fragrâncias, porém não possuem o poder terapêutico de auxiliar em problemas de saúde. Inclusive, em muitas pessoas, as essências são as maiores responsáveis por alergias respiratórias e alergias na pele, após o uso de maquiagens ou cremes.

As essências são vendidas de diversas formas, tanto em frascos de material PET, como também em vidros pequenos de 10 ml, que podem facilmente ser confundidos com vidros de óleos essenciais, portanto fique atento na hora de comprar!

O Melhor Oleo Essencial Antiinflamatorio Para Dores!

O Melhor Oleo Essencial Antiinflamatorio para Dores é o  Óleo Essencial de Copaíba!

O Óleo Essencial de Copaíba está presente na resina natural produzida pela árvore. Ele é vendido tanto na forma de óleo essencial, que é destilado a partir da resina, como também na forma de Oleoresina, que é a Resina Natural e Pura da Copaíba. Portanto, para você adquirir o produto correto você deve procurar por  "Óleo Essencial de Copaíba" ou  "Oleorresina de Copaíba". Ambos os tipos são óleos com aspecto transparente ou bem levemente amarelados, com um aroma leve de madeira.

Nos mercados municipais também é muito comum encontrarmos "Óleo Vegetal de Copaíba", a um preço bastante inferior em relação ao óleo essencial. Estes possuem uma coloração amarelada ou amarronzada.

Muitas pessoas relatam diversos benefícios no uso deste tipo de óleo, pois na composição há um certo teor de óleo essencial, porém a concentração de princípios ativos dentro deste tipo de óleo é um pouco inferior em relação ao óleo essencial. Além disso, estes óleos são produzidos muitas vezes de forma artesanal, ou de forma clandestina, portanto muitas vezes não temos certeza quanto à pureza deste tipo de produto.

O Óleo Essencial de Copaíba é poderoso para os mais diversos tipos de dores e inflamações no corpo devido à presença de uma substância chamada  Beta-Cariofileno!

De acordo com Aline Feijó, diretora e naturóloga, o beta-cariofileno tem sido alvo de muitos estudos científicos nos últimos tempos devido à sua forte ação analgésica e anti-inflamatória.

"Em resumo, o beta-cariofileno pode ser um bom coadjuvante para ajudar a diminuir as dores e as crises de erupções e irritações cutâneas resultantes de inflamações", afirma. Isso acontece porque o beta-cariofileno se liga aos receptores canabinoides CB2 do corpo humano, responsáveis pelas atividades imunoprotetoras e antiinflamatórias dentro do organismo!

Como Usar Este Óleo Essencial E Como Potencializá-lo?

Para utilizar este óleo essencial para dores, que é o objetivo deste artigo, nós precisamos de diluí-lo em um óleo vegetal puro para aplicá-lo na pele com movimentos de massagem. Desta forma, ele atuará diretamente sobre o foco da dor ou do desconforto.

Para isto, utilizamos a seguinte medida:

Dores Agudas:

Para cada 100 ml de óleo vegetal, coloque de 66 até 110 gotas de óleo essencial, que resulta em uma concentração de aproximadamente 3% a 5% de óleo essencial, respectivamente. Aplicar no local da dor, 3 vezes ao dia.

Dores Crônicas:

Para cada 100 ml de óleo vegetal, coloque 220 gotas de óleo essencial, que resulta em uma concentração de aproximadamente 10% de óleo essencial. Aplicar no local da dor, 3 vezes ao dia.

Você pode usar qualquer tipo de óleo vegetal, como por exemplo, óleo de coco, óleo de semente de uva, óleo de semente de maracujá, etc. O importante é que este óleo seja 100% puro, de preferência obtido através de prensagem a frio. Desta forma, você estará utilizando um produto 100% natural e com alto poder de permeação na sua pele.

Para pontencializarmos ainda mais este preparo de óleo massageador nós podemos utilizar uma  Sinergia de Óleos Essenciais, que é a junção de 2 ou mais tipos de óleos essenciais com o objetivo de aumentar ainda mais o poder e os benefícios de cada um deles. No nosso caso, além do Óleo Essencial de Copaíba nós também podemos acrescentar o  Óleo Essencial de Alecrim e o  Óleo Essencial de Hortelã Pimenta!

O Óleo Essencial de Alecrim possui atividade antiinflamatória, além de aumentar a penetração dos ativos na pele por aumentar a circulação sanguínea local. Já o Óleo Essencial de Hortelã Pimenta possui a propriedade de promover analgesia local por causa do seu poder de aumentar o calibre (a espessura) dos capilares sanguíneos da pele, e também pela sensação de frescor e "geladinho" causados na pele.

Para esta sinergia, utilizamos as seguintes medidas:

Para cada 100 ml de óleo vegetal, coloque:

- 110 gotas de Óleo Essencial de Copaíba (5%);

- 66 gotas de Óleo Essencial de Hortelã Pimenta (3%);

- 44 Gotas de Óleo Essencial de Alecrim (2%).

Misture todos estes ingredientes em um vidro com tampa, de preferência de cor escura, e aplique apenas sobre a região onde está o foco da dor, 3 vezes ao dia.

Esta mistura não é recomendada para gestantes, lactantes, crianças, pessoas com hipertensão arterial descontrolada e portadores de epilepsia!

Comentário do usuário