URGENTE: Presidente LULA se cansa e ‘parte pra cima’ de seus ministros, deixando todos BOQUIABERTOS; ‘Fiquem quietos’

Luiz Inácio Lula da Silva (PT) foi presidente do Brasil de 2003 a 2010. Segundo as pesquisas, Lula seria o vencedor das eleições deste ano, desde as primeiras pesquisas feitas.

Lula recebeu 60 milhões de votos ao total e Jair Bolsonaro (PL) recebeu 58 milhões, sendo essa uma vantagem de dois milhões de votos.

Luiz Inácio foi o escolhido para a presidência da República. Num domingo, 30 de outubro, Lula conseguiu 60 milhões de votos e irá retornar ao Palácio do Planalto pela terceira vez no dia 1° de janeiro de 2023.

Até o fim deste ano (2022), deve haver a transição de um governo para o outro.

Jair Bolsonaro não parabenizou seu adversário, Lula da Silva pela vitória e não quis responder as perguntas feitas pelos jornalistas, que haviam ficado em peso no hall da Alvorada, esperando um pronunciamento de Bolsonaro. O chefe executivo ficou muito abatido após sua derrota para Lula.

Os mais de 58 milhões de eleitores de Jair Bolsonaro ficaram desapontados com o resultado das eleições e estão se conformando aos poucos.

O atual presidente é o primeiro a não se reeleger desde 1997, quando essa possibilidade foi instituída.

Lula já escolheu seus ministros e alguns deles ainda nem mesmo tomaram posse.

Lula, sabendo que com a responsabilidade de governar um país o excesso de ruídos e falação costuma prejudicar, decidiu realizar uma reunião com seus 37 ministros para lhes dar um alerta e advertí-los de que devem governar mais e falar menos (só quando for necessário).

Não devem falar pelo governo quando o que se está dizendo não foi autorizado por Lula. Toda a confusão causada por excesso de falação dá a impressão de que o barco está a deriva, totalmente perdido no mar.

Lula pode até mesmo vir a renovar a advertência que fez no ano de 2002 depois que foi eleito: “aqui, somente eu e o vice fomos votados”.

Comentário do usuário