Alerta! Esses são os sintomas da doença que acometeu e tirou a vida de Palmirinha; Fique atento!
09/05/2023

PUBLICIDADE

No dia 7 de maio de 2023, o Brasil perdeu uma de suas mais queridas personalidades culinárias. Palmirinha Onofre, aos 90 anos de idade, faleceu em decorrência de complicações causadas por uma doença renal crônica. Saiba os sintomas da doença que acometeu e tirou a vida de Palmirinha.

Palmirinha falece em decorrência de doença renal crônica; sintomas da doença que acometeu e tirou a vida de Palmirinha

Palmirinha, que há alguns anos havia se afastado da televisão por conta de sua saúde fragilizada, se tornou uma referência para muitas pessoas por sua simplicidade e talento na cozinha.

PUBLICIDADE

A doença renal crônica é uma condição que afeta milhões de pessoas ao redor do mundo. Ela se caracteriza por uma perda gradual e irreversível da função renal, que pode ser causada por diversas condições, como hipertensão, diabetes, doenças autoimunes e uso excessivo de medicamentos. A doença renal crônica pode levar à insuficiência renal, que é uma condição grave e potencialmente fatal.

Fatores de risco para a doença renal crônica incluem histórico familiar de doenças renais, idade avançada, hipertensão, diabetes, obesidade e tabagismo. Os sintomas podem variar de pessoa para pessoa e podem incluir fadiga, falta de apetite, náuseas, vômitos, coceira, inchaço nas pernas e nos pés, entre outros.

PUBLICIDADE

O tratamento da doença renal crônica depende da causa subjacente e pode incluir mudanças na dieta, medicamentos para controlar a pressão arterial e o açúcar no sangue, diálise e transplante renal.

Fatores de risco, sintomas e tratamentos da doença renal crônica

É importante diagnosticar e tratar a doença renal crônica o mais cedo possível, pois isso pode ajudar a retardar a progressão da doença e melhorar a qualidade de vida do paciente.

A morte de Palmirinha serve como um alerta para a importância de cuidar da saúde renal.

PUBLICIDADE

É fundamental adotar hábitos saudáveis, como praticar atividade física regularmente, manter uma alimentação equilibrada, controlar a pressão arterial e o açúcar no sangue, e evitar o uso abusivo de medicamentos. Além disso, é essencial fazer exames de rotina para detectar precocemente qualquer problema renal.

Palmirinha deixará saudades, mas seu legado como cozinheira e como pessoa continuará inspirando muitas pessoas ao redor do Brasil e do mundo. Que sua partida nos faça refletir sobre a importância de cuidar da saúde renal e de valorizar cada momento da vida.

PUBLICIDADE

AD
Flash news